Didática na Matemática

Publicado: 3 de julho de 2010 em Trabalho Pedagógico

A didática da matemática é o estudo das relações entre o ensino e a aprendizagem de Matemática.

            Vários são os estudos que foram e continuam sendo desenvolvido nesta área, entender as relações entre o aluno, o conhecimento e o ensino é o foco destas pesquisas.

            As principais correntes didáticas da Matemática, estão intimamente  ligadas às correntes psicológicas. Temos correntes de educação matemática:

 – Comportamentalista

   – Gestaltista

– Estruturalista

– Construtivista

– Resolução de problemas

– Modelagem Matemática

No comportamentalismo a aprendizagem da matemática esteve ligada a estímulos e respostas, este período foi caracterizado pelos exercícios de fixação.

Gestaltista – Nesta corrente a abordagem é holística, vê o indivíduo como um todo, a aprendizagem não se dá por decoração mas  por compreensão.

Estruturalista – Baseado nos estudos piagetianos esta corrente aborda a aprendizagem como processo ativo no qual o aluno infere princípios e regras e os testas. Este período é caracterizado pelo respeito as fases de desenvolvimento e esta dispõe a organização do conhecimento em três representações, a motora, a icónica e a simbólica.

Construtivista – Baseada também nas idéias de Piaget, acredita que cada ser humano constrói o significado para a linguagem que usa no caso matemática, a medida que vai construindo o seu mundo experiencial.

Resolução de Problemas – Essa metodologia visa tirar o aluno de sua tradicional postura passiva para um processo de investigação, no qual o aluno é levado a mobilizar estruturas cognitivas que não eram utilizadas no processo anterior (corrente psicológica  no comportamentalismo).

Modelagem Matemática –  Baseia-se na proposta de gerar condições para a aquisição de saberes em um ambiente investigativo. A observação dos fenômenos com o intuito de gerar um estado de dúvida e problematização, é o ponto de partida para a construção de um modelo matemático que exprima as relações entre as grandezas observadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s